/Notícias

Delivery de comida pode ser grande vilão do seu bolso na pandemia

03/07/2020 11:05

Imagem interna

Há três meses nossa rotina mudou completamente. Ficamos sem nossos passeios de domingo, a visita aos familiares está cada vez mais rara e até uma ida ao mercado se transformou em um evento extraordinário. Quem antes trabalhava fora de segunda a sexta-feira, agora está tendo de encarar uma nova realidade, muito diferente da usual. Tudo mudou, inclusive nossas finanças.

Um efeito positivo disso tudo é que vários gastos acabaram diminuindo com esse isolamento social. Transporte, passeios, baladinhas, compras feitas por impulso foram quase todos anulados. Isso gerou um bom alívio para o bolso de quem sempre estava com a conta no vermelho.

Tempo livre
Porém, com mais dinheiro sobrando e mais tempo dentro de casa, a ansiedade aumenta consideravelmente. Antes, quem saía de casa no começo do dia e só retornava à noite, agora não tem muita opção e passa os dias olhando sempre para as mesmas paredes.

Aliado a isso, temos a facilidade da internet. Qualquer coisa que desejar, basta abrir uma página no computador ou um aplicativo no celular e comprar o que quiser, com a garantia de uma entrega rápida e na porta de casa.

A vilã
Com isso, o maior gasto, e consequentemente vilã do bolso, passou a ser a alimentação. A facilidade de encomendar a comida que desejar e em menos de uma hora, sem que você tenha trabalho de cozinhar ou até mesmo ter que lavar a louça, é incrível. Entrega de pizza em 30 minutos? Quero! Experimentar um novo sabor de hambúrguer? Claro! Sorvete sabor paçoca e milho verde? Por que não?

Quando você vê, tudo aquilo que estaria gastando com outros gastos normais do seu dia a dia está sendo direcionado para alimentação. O pior é que quem antes recebia algum vale para o almoço, fazia suas refeições no próprio trabalho ou conseguia economizar, agora está tendo um gasto muito maior do que imaginava ter.... - Veja mais em https://economia.uol.com.br/colunas/descomplique/2020/06/26/alimentacao-o-grande-vilao-do-orcamento.htm?cmpid=copiaecola

Cuidados
As opções para evitar que esses custos afetem demais seu orçamento são várias. A primeira é evitar ao máximo pedir comida delivery, que muitas vezes é mais cara que uma refeição preparada por conta e não é tão saudável.

Se você não sabe cozinhar, vale a pena procurar pessoas ou empresas que vendem pratos prontos e congelados. Além da enorme facilidade que esse serviço oferece, normalmente esse tipo de alimento é mais saudável e barato quando comparado a refeições quentes.

Tenha uma programação
Por último, vale a pena programar um cardápio semanal para cozinhar em casa. Isso traz diversas facilidades, já que você consegue visualizar todas as refeições e assim evitar a monotonia dos mesmos pratos sempre. Também fica muito mais fácil sua ida ao mercado, já que não precisa ficar perdido escolhendo o que vai comer e comprando coisas desnecessárias.

Aproveite esta época para rever seus hábitos alimentares e financeiros. Assim você vai sair saudável da quarentena e com muito mais dinheiro.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos termos de uso e política de privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente destas condições.

;